Bispo emite carta sobre o encerramento do Mês Missionário Extraordinário

Dom Severino visita escolas de Caçador
11 de outubro de 2019
transferências
Dom Frei Severino Clasen anuncia transferências para 2020
24 de outubro de 2019

Bispo emite carta sobre o encerramento do Mês Missionário Extraordinário

Com o tema “Batizados e Enviados: “A Igreja de Cristo em Missão”, o Papa Francisco proclamou outubro de 2019 como Mês Missionário Extraordinário. Toda pessoa batizada é chamada a ser missionária. A proposta do Papa, 100 anos depois da Carta Apostólica “Maximum Illud” de Bento XV, é de uma nova oportunidade para que os cristãos, em particular os jovens, tornem-se discípulos missionários cada vez mais apaixonados por Jesus e pela sua missão, retomando com novo impulso a transformação missionária da vida e da pastoral. Trata-se de acontecimento eclesial de grande importância que abrange todas as Conferências Episcopais, os membros dos institutos de vida consagrada, as sociedades da vida apostólica, as associações e movimentos eclesiais.

Com a proximidade do final do mês de outubro o bispo Dom Frei Severino Clasen emite uma mensagem sobre a ação e destaca os missionários da Diocese que atuam nesta frente em outros estados.

Segue a carta na íntegra:

Mensagem de Dom Frei Severino Clasen, ofm
Por ocasião do encerramento do Mês Missionário Extraordinário

Estimados irmãos e irmãs em Cristo Jesus,
Paz e bem!

Eis que nos aproximamos do término do mês de outubro. Já visualizamos o Dia de Finados, a Solenidade de Cristo Rei, o Dia Nacional dos Cristãos Leigos e Leigas, o início do Advento e a caminhada para o Natal! Também acompanhamos com disposição, o bonito e santo sínodo para a Amazônia, que procura discernir os caminhos para uma ecologia integral e impulsionar as variadas experiências missionárias.

Como Diocese de Caçador, em comunhão com o Santo Padre, o Papa Francisco, com viva alegria, celebramos em nossas comunidades de fé o Mês Missionário Extraordinário. Tal iniciativa coloca como objetivo reavivar a nossa consciência batismal, despertar o entusiasmo missionário e conferir um novo impulso missionário em toda a vida da Igreja.

Sabemos que a missão nasce a partir do encontro com o Ressuscitado. Este encontro confere novo sentido à vida. E sabemos que é próprio do bem, auto comunicar-se. Assim, quem faz a experiência junto ao Senhor, será movido a partilha-la com os demais.

Nesta partilha, como gesto concreto de nossa Diocese de Caçador, temos vários padres atuando como missionários em lugares que apresentam realidades gritantes:

Pe. Flávio Melchior Tártari e Pe. Henrique Dal Prá, atuando na Diocese de Ji-Paraná/RO;

Pe. Antônio Damin, atuando na Diocese de Sinop/MT;

Recentemente, foi enviado como missionário o Pe. Irineu Maia, para atuar na Prelazia do Xingú/PA.

Logo receberemos, de retorno, o Pe. Renato Luis Caron, após uma estação missionária no Haiti.

Em breve, como missionário, enviaremos para a Prelazia do Marajó, o Pe. Celso Carlos Putkamer dos Santos

Nos recorda o Papa Francisco que a oração é o “coração da missão da Igreja”. Rezemos pelos missionários e os sustentemos com o laço da caridade de Cristo.

Caçador, 23/10/2019.

+ Dom Frei Severino Clasen, ofm
Bispo Diocesano de Caçador

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X