Carta aos padres, coordenações de catequese, catequistas e famílias envolvidas no processo catequético da Diocese de Caçador

Suspensa Romaria ao Santuário Nossa Senhora de Fátima: “Vamos superar este momento e sair renovados” – Veja o vídeo
7 de maio de 2020
Carta ao povo de Deus da Diocese de Caçador
9 de maio de 2020

Carta aos padres, coordenações de catequese, catequistas e famílias envolvidas no processo catequético da Diocese de Caçador

Caçador, 07 de maio de 2020.

Diocese de Caçador

Serviço de Animação Bíblico-Catequético

 

“FICA CONOSCO, SENHOR” (Lc 24,29)

 

Carta aos padres, coordenações de catequese, catequistas e famílias envolvidas no processo catequético da Diocese de Caçador

 

Estimados irmãos e irmãs!

Cumprimentando a todos e todas, desejamos que a paz de Cristo esteja com vocês neste tempo desafiante que temos vivido. Pela fé, temos certeza que o Senhor caminha e fala conosco. Ele faz arder os nossos corações e não nos deixa perder a esperança em dias melhores!

Apresentamos algumas considerações pertinentes para a catequese neste período:

 

  1. Encontros presenciais: Estes permanecem suspensos por tempo indeterminado. Não é possível fazermos uma previsão segura de seu retorno. Em todo caso, em nível estadual, fala-se na hipótese do retorno das aulas presenciais a partir do mês de setembro. Caso esta se confirme e a Diocese julgue conveniente o retorno dos encontros catequéticos neste período:
    1. O calendário para as turmas da iniciação à vida cristã (IVC 3/2018 e IVC 2/2019) não sofreria prejuízos graves em sua programação. Com readaptações e aproveitamento do período previsto para férias, ele voltaria ao normal a partir de fevereiro de 2021.
    2. As turmas que seguem o itinerário da catequese tradicional (Crisma 1 e Crisma 2) teriam a continuidade dos encontros, com a readequação do calendário catequético, dependendo do número de encontros de catequese realizados e por realizar.
    3. As paróquias de Fraiburgo e Timbó Grande que possuem turmas seguindo o itinerário proposto pela Arquidiocese de Florianópolis, teriam a continuidade dos encontros, com a readequação do calendário catequético, dependendo do número de encontros de catequese realizados e por realizar.

 

Cabe salientar que iniciar na fé é mais do que transmitir e aprender conteúdos! O encontro catequético é sobretudo um momento de  experiência de fé. Assim, acreditamos que o encontro catequético não pode ser reduzido a um momento de estudo à distância. Os meios virtuais têm sido instrumentos importantes e devemos utilizá-los. Todavia, consideramos que a iniciação à vida cristã não pode ser reduzida a uma catequese EaD! Esta é a razão pela qual precisaremos readaptar nossos calendários catequéticos!

 

  1. Catequese familiar: Pelas redes sociais temos acompanhado bonitas experiências de catequese familiar, sinais da fé vivida no lar, a igreja doméstica. Disponibilizaremos os vídeos com a leitura orante para auxiliar na realização dos encontros da 3ª fase do tempo do Catecumenato (Jesus, o Cristo). Em seguida, como incentivo, continuaremos propondo subsídios com momentos orantes para a catequese em família, seguindo o calendário litúrgico. Estes subsídios serão enviados virtualmente às paróquias e coordenações, a serem posteriormente encaminhados às famílias. É importante que as paróquias se preocupem com as famílias que não têm acesso à internet. Veja-se a possibilidade e a necessidade de disponibilizar o material de forma impressa.

 

  1. Celebrações da Confirmação: Estas seguem adiadas por tempo indeterminado. Por hora não há previsão de novas datas. A Confirmação está intimamente ligada ao processo catequético-mistagógico. É importante realizar a celebração deste sacramento sem perder o vínculo com o processo catequético. Portanto, consideramos que a condição para celebrarmos a Confirmação é o reinício das atividades catequéticas, e não é o reinício das missas!

 

  1. Inscrições para quem deseja iniciar o processo de iniciação à vida cristã: a data para iniciar o processo com novos catequizandos fica condicionada à possibilidade de realização de encontros. Num cenário mais preocupante, analisamos inclusive a possibilidade de não iniciarmos o processo catequético com novas turmas neste ano!

 

A ressurreição de Cristo nos dá a certeza de que a história é história de vida e de ressurreição. Ele está conosco (Mt 28,20), não estamos sozinhos na história e na batalha cotidiana da vida.

 

 

Dom Severino Clasen, ofm

Bispo Diocesano

 

Pe. Márcio Martins Rosa

Serviço de Animação Bíblico-Catequético

 

Pe. Edson De Bortoli

Serviço de Animação Bíblico-Catequético

 

Regiane Dutra Freire

Serviço de Animação Bíblico-Catequético

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X