Doação e fé marcam as ações do projeto “Gestos de quem cuida”

Diocese de Caçador divulga orientações para os processos catequéticos em virtude da pandemia
8 de outubro de 2020
“Viver a Fé” inicia reflexão sobre o mês missionário: ‘A Igreja é por natureza missionária’
9 de outubro de 2020

Doação e fé marcam as ações do projeto “Gestos de quem cuida”

O Conselho Diocesano de Leigos assume a Ação Solidária Emergencial ‘É Tempo de Cuidar’, promovendo o projeto ‘Gestos de quem cuida’.

Dando continuidade à iniciativa, apresentamos nesta semana mais dois testemunhos de ações que estão sendo realizadas por cristãos leigos e leigas como gestos concretos de solidariedade neste tempo de pandemia.

As ações podem ser vistas através de vídeos postados semanalmente na página do Facebook do Conselho.

E você, qual ‘Gesto de quem cuida’ vai assumir hoje?

Participe, se envolva, se sensibilize. Seja sal da terra e luz do mundo!

 Confira os depoimentos da Lires e da Terezinha:

“Nesse projeto ‘É tempo de cuidar’, a nossa paróquia teve algumas iniciativas, como campanhas solidárias, com a coleta de alimentos e agasalhos com os catequizandos e suas famílias, com um olhar muito especial às famílias carentes, onde temos idosos e crianças que passam por necessidades. Essas doações foram entregues ao município de Macieira e parte foi doada a paróquia de Bela Vista do Toldo. As comunidades da paróquia também se sensibilizaram com os municípios que sofreram com o tornado do dia 14 de agosto, no qual perderam suas casas e seus pertences. Nós como Igreja nos colocamos no lugar dessas famílias e, por isso, a paróquia e as entidades se mobilizaram em uma campanha para arrecadação de alimentos, vestuário, roupas de cama, mesa, banho, eletrodomésticos, camas, colchões, materiais de higiene e limpeza e materiais para a reconstrução das casas. Foram muitas as doações arrecadadas. Pudemos contribuir e ajudar os municípios de Água Doce, Treze Tílias, Ibicaré e Tangará. O povo aqui também se mobilizou em fazer equipes para ajudar na reconstrução das casas. Como é bom cuidar do outro. Isso nos faz e nos torna pessoas felizes. Nós como batizados temos a nossa missão. Cabe a cada um de nós fazer a sua parte. O segredo da paz está em ajudar e cuida da vida do irmão, é se colocar no lugar do outro”.

 Lires, catequista e ministra, cristã leiga da Paróquia Nossa Senhora dos Campos Rainha da Oração de Arroio Trinta.

 Assista ao vídeo completo:

https://www.facebook.com/100921278319883/videos/1208791552829419

“Durante o tempo de pandemia eu trabalhei mais em casa, pois faço parte do grupo de risco, mas nem por isso deixei de ajudar as pessoas que pediam ajuda através do apoio, ou através do sacolão. Durante a pandemia fiz o propósito de rezar pela manhã o terço, às 15h o terço da misericórdia e à tarde novamente o terço, além de assistir a uma missa durante o dia. Nessas intenções eu rezava para a conversão de nós pecadores, para as pessoas mais necessitadas e também para o grupo que trabalhava na linha de frente desta pandemia”.

Terezinha Woitexen, cristã leiga da Paróquia Santa Cruz de Canoinhas.

Assista ao vídeo completo:

https://www.facebook.com/100921278319883/videos/719303055598727

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X